O livro

_DSC3256

O livro Abridores de Letras de Pernambuco – um mapeamento da gráfica popular é resultado de uma extensa pesquisa visual por várias cidades e regiões do Estado de Pernambuco ao longo de mais de 5 anos. Inicialmente desenvolvido apenas na cidade do Recife, em 2011, o projeto de pesquisa foi contemplado pelo edital do Fundo de Incentivo à Cultura do Estado de Pernambuco – Funcultura, e, por meio deste, conseguiu estender a pesquisa a outras cidades do interior do Estado.

O objetivo principal do projeto de pesquisa desenvolvido, descrito neste livro, foi realizar um mapeamento e análise da produção de letreiramentos populares e da profissão do pintor letrista em Pernambuco, por meio do estudo comparativo entre as paisagens urbanas das cidades do Recife, de Gravatá, Caruaru, Arcoverde, Salgueiro e Petrolina. Dessa forma, foi possível constituir um acervo com mais de 1.000 imagens de letreiramentos populares coletadas nessas regiões, que poderão ser utilizadas também para outras pesquisas.

Assim, buscamos investigar as similaridades e diferenças da linguagem visual dos letreiramentos populares dessas cidades, em busca de traçar um perfil da configuração visual e do processo produtivo desses artefatos no Estado, sob o olhar do design, com ênfase nos aspectos tipográficos. Procuramos nos aprofundar na investigação da linguagem visual desses artefatos — uso de cores, tipografias e suportes —, bem como no processo de confecção desses objetos por seus artífices, procurando revelar as inspirações e influências que norteiam o trabalho dos pintores letristas e suas ferramentas e técnicas.

Os métodos utilizados para desenvolver esse levantamento envolveram pesquisas de campo para a realização de registros fotográficos dos letreiramentos populares, bem como entrevistas e visitas ao local de trabalho dos artífices que desenvolvem esses artefatos. Essa extensa coleta de dados proporcionou a formação de um acervo de mais de 1.000 fotos e o registro do trabalho de 12 pintores letristas do Estado de Pernambuco por meio de entrevistas semiestruturadas. O relato de cada personagem nos ajudou a montar um imenso quebra-cabeça a respeito do perfil do ofício do pintor letrista no Estado.

Suas páginas ilustram, com riqueza de imagens, os principais resultados dessa jornada, despertando o olhar do leitor para o rico universo do letreiramento popular comercial, que muitas vezes passa despercebido diante da vida fugaz das grandes cidades. Para garantir uma maior visibilidade da pesquisa, a edição do livro é bilíngue – português/inglês e a distribuição realizada pela Editora Blucher com alcance em todo território nacional.

Confira o preview da publicação: